“Eis a vantagem de um bom livro: ele pode ser consumido sem a necessidade de aglomerar e estabelecer diálogos que a arte literária conduz”.

 

A Escola Municipal Íris de Almeida sabe bem disso e, durante as celebrações do 9º aniversário da Biblioteca Escolar José Xavier Cortez, distribuiu um livro por aluno, graças ao Programa “Eu Faço Cultura”.

 

Durante todo o dia 28 de julho, no Plantão Pedagógico, um ensaio de retorno às bibliotecas escolares se deu entre centenas de leitores que habitam no “Monte Castelo” e suas mediadoras Jacqueline Gurgel e Gracileide Oliveira.  Livros do cenário potiguar como “Bicho solto no mundo”, de Araceli Sobreira até histórias mundiais como “Princesas Guerreiras”, de Janaína Tokitak e, ainda, clássicos como “Os Saltibancos” e “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque e outros tantos.

 

Também um encontro entre personagens e enredos que são capazes de descortinar emoções como dores comuns a esse tempo, medos que ainda persistem e a alegria da redescoberta de uma nova Biblioteca que está às portas.  Parabéns a todos os que fazem o Íris de Almeida e ao patrono José Xavier Cortez, homem de livros!

 

Fotografia: ASCOM – Cedidas pelo Projeto Rio de Leitura