Na manhã desta terça-feira, 15, ocorreu a 55ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Parnamirim, que foi aberta pelo presidente da Casa, vereador Wolney França, tendo como inscritos para usar a tribuna os vereadores César Maia, Fativan Alves e Michael Borges.

O vereador César Maia fez uso da tribuna para apresentar sua proposta de implementação de um centro pós-covid no município, visando oferecer atendimento de fisioterapia respiratória, psicologia e outras sequelas do coronavírus. No plenário, estava presente o prefeito de Nísia Floresta, Daniel Marinho, que já possui um centro com essa mesma finalidade.

A seguir, a vereadora Fativan Alves fez uma fala em plenário a respeito do dossiê sobre escolas da rede pública de ensino de Parnamirim, elaborado por seu mandato, e que foi entregue ao prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, no último dia 10. O documento também foi protocolado junto ao Ministério Público do Rio Grande. “Agradecemos ao prefeito por ele ter nos atendido, recebendo em mãos esse dossiê, foi uma atitude generosa dele, inclusive levei naquele momento o feijão vencido que foi coletado nas escolas”, explicou.

O vereador Michael Borges fez um apelo ao governo do estado e à Secretaria de Saúde do município sobre a vacinação contra o Covid-19 das lactantes do município. “Até o momento, foram vacinadas as lactantes com bebês de até 6 meses, mas precisamos avançar mais e garantir a vacinação de todas as lactantes, independente da idade da criança”, afirmou o parlamentar.

Projetos de lei aprovados

Após a fala dos inscritos para utilizar a tribuna, a pauta do dia trouxe dois projetos de lei relevantes para os parnamirinenses, pois dizem respeito a ações de combate à pandemia do novo coronavírus Covid-19, que foram aprovados em segunda votação. O primeiro foi o projeto de lei nº 081/2021, de autoria do vereador Léo Lima, que inclui os profissionais que atuam em agências bancárias, lotéricas, correspondentes bancários, dentre os grupos prioritários de vacinação contra covid-19. O segundo projeto aprovado, de nº 086/2021, prevê a publicação no site oficial da prefeitura, da lista de espera dos pacientes que aguardam por consultas (discriminadas por especialidades), exames e intervenções cirúrgicas e outros procedimentos da rede pública de saúde do município. Esse projeto foi de autoria do vereador Diego Américo.

Fonte: Ascom/CMP