A educação pública de Parnamirim iniciou o mês de julho com uma excelente notícia. Através do Centro de Educação Infantil Dona Liquinha Alves, o município foi pioneiro na região metropolitana a receber o Certificado de Bio Prevenção, referente à adoção de medidas preventivas ao novo Coronavírus.

O diretor do Sebrae/RN, João Hélio Cavalcanti foi o representante do tripé Sebrae/RN, Sesi e Femurn. Ele realizou a entrega simbólica, à Secretária de Educação de Parnamirim, professora Justina Iva, do selo que atesta que o Cmei parnamirinense está preparado para receber as crianças com qualidade e principalmente, segurança. “Apesar da pandemia, sabemos que uma hora as aulas terão que ser retomadas. Nosso desejo é que quando esse momento chegar, o retorno seja com o máximo de prudência e segurança. Sentimos que também é nossa missão subsidiar as escolas públicas, assim como as privadas”, disse Cavalcanti.

O Cmei Dona Liquinha Alves está localizado em Pirangi e passou por intervenções nos últimos meses. A cobertura da escola foi toda revisada, e diversos outros reparos também foram executados, deixando a estrutura pronta para receber as crianças. A Vice-Gestora, Fátima Trajano, falou um pouco sobre o sentimento de ter sua unidade contemplada com o selo: “A palavra-chave é gratidão! Corremos contra o tempo para nos adequar e graças a Deus tudo deu certo”. Ela finaliza pedindo aos demais gestores de Parnamirim que acreditem no projeto, pois a iniciativa vale muito a pena. “O pessoal do Sebrae é muito parceiro. Estão prontos a nos ajudar sempre que temos qualquer dúvida. Essa disponibilidade facilita muito o nosso trabaho”, explicou.

De acordo com o Certificado de Bio Prevenção, a escola participou da consultoria Sebraetec “Boas práticas higiênico-sanitárias e cuidados contra a Covid-19”, contemplando orientações na adoção de medidas preventivas ao novo Coronavírus com foco na remodelagem dos processos de produção, prestação de serviço e atendimento para redução dos riscos de contaminação dos colaboradores e clientes – os alunos – do estabelecimento.

Na ocasião, que também contou com a presença do vereador Éder Queiroz, a Professora Justina mencionou algumas vezes que vai conversar com os representantes das instituições envolvidas para que todas as escolas parnamirinenses sejam contempladas. “Além da saúde, a educação também preserva vidas! Daí a extrema importância da iniciativa do Sebrae/RN, de forma pioneira no Brasil. Esperamos contemplar as escolas parnamirinenses em sua integralidade”, disse animada.

EXEMPLO A SER SEGUIDO

A intervenção no Centro Municipal Dona Liquinha Alves, em Pirangi, despertou em um dos colaboradores da escola um comportamento empreendedor que chamou a atenção dos presentes no local, na manhã desta quinta-feira (1º). Intrigado e sempre à procura de como contribuir mais e mais com o meio ao qual pertence, o porteiro Wellington Souza roubou a cena com o desenvolvimento de um protótipo de tótem, desses que são encontrados na entrada de locais de grande circulação.

Os dois exemplares, dispostos estrategicamente na escola, cumprem fielmente o propósito de disponibilizar álcool em gel ao usuário, com dois diferenciais: um custo de produção bem mais acessível e o toque genuíno de um inventor nato, daqueles que idealizam o funcionamento de aparelhos antes mesmo de ficarem prontos. A veia empreendedora de Wellington Souza surpreendeu a comitiva de forma muito positiva, motivo de orgulho para a equipe que gerencia o Cmei Liquinha Alves e os moradores de Pirangi e de toda Parnamirim.