O plantão desta quinta-feira (28) reservou uma manhã repleta de crimes ambientais para as equipes da Prefeitura de Parnamirim. Servidores da Limpeza Urbana, Meio Ambiente e da Guarda Municipal identificaram no bairro de Parque das Árvores uma área onde acontece, provavelmente de forma rotineira, diversos crimes ambientais. Desmatamento, invasão de uma área verde e até mesmo produção de carvão foram algumas das demandas encontradas pela força-tarefa.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as altas temperaturas decorrentes da queima de madeira para a produção de carvão. Muito comum no interior do estado, essa prática surpreendeu os agentes da Prefeitura, que tentaram identificar os responsáveis pela ação. Ao perceber a chegada das equipes, os suspeitos fugiram mata a dentro.

Atendo-se apenas ao desmatamento, a Lei n° 9.605/1998 dispõe que cortar árvores em floresta considerada de preservação permanente, sem permissão da autoridade competente é crime passível de detenção, de um a três anos ou multa, ou ambas as penas, de forma cumulativa.