A equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano realizou na tarde e noite da quarta-feira (23), um trabalho de orientação de moradores em diversos bairros de Parnamirim, alertando-os quanto à proibição de acendimento de fogueiras e uso de fogos de artifício. De acordo com os decretos do estado e do município, mesmo na véspera de São João, época em que o nordeste tradicionalmente realiza os festejos juninos, o manuseio de produtos, como fogueiras e fogos de artifício, está proibido.

A patrulha percorreu vários bairros da cidade orientando moradores sobre a proibição e as possíveis sanções caso o descumprimento ocorra. Levando em consideração o contexto de intoxicação por fumaça e os possíveis acidentes causados no manuseio de fogos de artifício, além de ser desaconselhável, de acordo com os órgãos vinculados ao sistema de saúde, qualquer medida que possa comprometer a eficácia do isolamento social, é vital que os festejos comumente realizados no mês de junho sejam postergados para 2022, quando espera-se que o período pandêmico tenha sido superado.

Durante a ação a equipe flagrou um crime ambiental no bairro de Liberdade. Um material foi queimado no passeio de uma rua, colocando em risco um terreno próximo e fazendo muita fumaça para o próprio bairro, além do centro da cidade e Jardim Planalto. Em tempos de Covid-19, grande parte da população permanece com síndromes respiratórias e, descumprimentos como o flagrado, só pioram a situação de saúde desse público.

A população pode ajudar denunciando eventuais descumprimentos através do 156, que funciona 24h por dia.

Fonte: Prefeitura de Parnamirim