Google recentemente anunciou uma novidade que pode mudar o futuro do trabalho e da educação. A empresa está lançando uma seleção de cursos profissionalizantes que ensinam habilidades fundamentais a profissionais da área de tecnologia.

O programa, que engloba três cursos (Gerenciamento de Projetos, Analista de Dados e Designer UX), está sendo chamado pela empresa de Google Career Certificates, e pode ser completado em apenas seis meses – prazo bem menor se comparado aos cursos disponibilizados pelas instituições educacionais tradicionais.

“Diplomas de universidades estão fora do alcance de muitos americanos e eles não deveriam precisar de um para ter segurança econômica”, escreveu no Twitter Kent Walker, vice-presidente sênior para assuntos globais do Google. “Nós precisamos de novos e acessíveis treinamentos profissionalizantes – de programas de aprimoramento vocacional a educação online – para ajudar a américa a se reconstruir e recuperar”, disse.

Walker ainda escreveu algo que dá indícios das intenções do Google ao lançar programas profissionalizantes no mercado: “em nosso próprio recrutamento vamos tratar esses certificados de carreira como equivalentes a um diploma de quatro anos para funções relacionadas”.

A empresa não revelou o valor dos cursos, apesar de informar que serão bem mais baratos que os tradicionais, e também não informou quando estarão prontos para contratação. No entanto, ao acessar o site é possível deixar seus dados para receber notificações de disponibilidade. Até o momento, eles só poderão ser acessados nos Estados Unidos e, ao Canaltech, a assessoria de imprensa do Google informou que ainda não há previsão de estreia dos cursos no Brasil, mas pessoas do mundo inteiro poderão cursar o programa desde que saibam inglês.

A título de comparação, a empresa oferece atualmente um curso de suporte profissional de TI pela plataforma Coursera que custa US$ 49 por mês, o que daria cerca de US$ 300 (cerca de R$ 1,6 mil) se fosse contratado por seis meses – tempo estimado para finalização do novo programa profissionalizante. Se a companhia seguir estes valores, o Google Career Certificate será muito mais barato do que qualquer universidade. Aliás, o valor total do curso seria correspondente ao montante que alguns estudantes universitários gastam em livros didáticos em um único semestre.

Desafio às universidades

O ensino superior nos Estados Unidos, nos moldes que é hoje, está com os dias contados e, apesar de o anúncio da gigante da internet não ser o ultimato para as universidades, representa um movimento com grande potencial para mudar o futuro da educação e do trabalho – não somente por lá.