Santos não toma conhecimento de seu adversário e o atropela por 3 a 0 na semifinal da Copa Libertadores da América. Com este resultado, o time do Santos jogará contra o seu rival brasileiro, Palmeiras, na final, em um confronto que promete abalar muitas crenças.

 

Marinho durante Santos x Boca (Foto: Santos FC / divulgação)

 

 

Nesta noite de quarta-feira (13/01) o torcedor Santista teve uma excelente noite, pois o seu time goleou por 3 a 0 o Boca Juniors, um gigante da América. No jogo de ida, o time praiano empatou por 0 a 0 no estádio do Boca, a La Bombonera, e garantiu uma situação razoável, porém o time alvinegro dominou o jogo de volta em sua casa, a vila mais famosa do futebol, a Vila Belmiro.

 

Sendo assim, a final da edição de 2020 da ‘Liberta’ terá clássico, terá rivalidade, terá fogo. O Palmeiras, o outro finalista, apesar de perder o jogo da volta por 2 a 0 para o River Plate, jogou muito bem em seu primeiro jogo e venceu por 3 a 0, o que garantiu a vaga na decisão. Esta decisão que será disputada no estádio do Maracanã, é totalmente inédita continental.

Palmeiras 0 x 2 River Plate: Viña, Emerson Santos e Kuscevic comemoram (Foto: Conmebol/Divulgação)

 

 

Atuação do Peixe no Jogo:

Diego Pituca, no primeiro tempo, colocou o Santos na frente. Soteldo, eleito melhor jogador da partida, e Lucas Braga, em um destrutivo início de segundo tempo abriram ainda mais a vantagem do peixe e garantiram a sua vitória. O Boca Juniors teve dificuldades extras, pois um de seus jogadores foi expulso, Fabra, após um violento lance em Marinho, atacante adversário.

 

A final da Libertadores acontecerá dia 30 de Janeiro, em um sábado às 17h. A partida será em jogo único sem a presença de partida, em razão da pandemia.

 

Até o Sangue:

Lucas Veríssimo sangrando em Santos x Boca (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

 

Lucas Veríssimo, zagueiro do Santos, no primeiro tempo, levou uma séria pancada na cabeça e registrou a Vila Belmiro com o seu sangue. O mais impactante é saber que durante o intervalo curto, o jogador levou 4 pontos, o que não tirou a sua vontade e impedir de jogar. Jogou até o fim e foi um dos maiores símbolos da classificação.

 

Clássicos:

Esta final será a terceira vez na história que brasileiros disputam pelo título da Libertadores na grande final. Os eventos anteriores não contaram nem com a participação do Santos e nem muito menos do Palmeiras. O outro time foi o São Paulo, também paulista, contra o Athletico Paranaense, em 2005. Um ano depois, o time paulista foi novamente a decisão, mas dessa vez, perdeu, e foi contra o Internacional.

 

Premiação:

Além do título da Libertadores, o ganhador levará para casa R$ 80 milhões. Em seguida, temos o vice-campeão que garante R$ 32 milhões.

 

Aqui é o seu lugar! notícias recentes e direto ao ponto, então nos siga nas redes sociais, @portalparnapop.

Gostou das informações?! Então, siga as redes sociais do @portalparnapop e compartilhe para mais pessoas ficarem sabendo.

 

Postado por: Elias Freitas